Turquia: HDP encaminha solicitação oficial de anulação do referendo

Em face da decisão ilegal do Supremo Conselho Eleitoral da Turquia (YSK) e outras irregularidades registradas durante o referendo no domingo (16 de abril), o partido de oposição da Turquia HDP apresentou uma objeção ao YSK, exigindo que os resultados do referendo sejam anulados.
Após a sua visita ao YSK em Ancara, Mithat Sancar, o deputado de Mardin do HDP salientou que o processo para a proposta das mudanças constitucionais em si tinha sido tratado de forma ilegítima desde o início. Sancar sublinhou que embora o “bloco do não” tenha sido pressionado por todo o tempo, seu partido HDP foi quem se tornou o principal objeto de supressão.
Sancar disse: “O governo e seus membros fizeram uma campanha do “sim” usando fundos públicos para as chamadas “cerimônias de abertura “. Isto é contra a constituição e a ética. As campanhas do referendo foram realizadas sob condições desiguais por todos os meios. E é impossível tal coisa resultar em resultados eleitorais justos. “
Também chamando a atenção para os ‘votos sim excessivamente massivos’ que vieram de algumas urnas em certos distritos das províncias do Sudeste curdo, onde o HDP recebeu grande número de votos em eleições anteriores, Sancar disse que isso por si só era uma razão para se desconfiar dos resultados.
Sancar disse que “a única maneira de corrigir a situação é anular os resultados do referendo”, acrescentando que “é inaceitável que as cédulas não carimbadas sejam consideradas válidas”.
Sancar pediu o lançamento de um processo novo e justo para as emendas constitucionais e acrescentou: “A menos que o referendo seja anulado, não será possível resolver esta disputa. Se o YSK não quiser prejudicar mais as normas democráticas da Turquia, deve tomar a decisão de anular o referendo. Se YSK não tomar tal decisão, este referendo permanecerá como “duvidoso” para sempre.
Uma queixa criminal também foi arquivada contra o chefe da YSK pela HDP.
Fonte: http://www.birgun.net/haber-detay/turkey-s-hdp-submits-an-official-request-for-annulment-of-referendum-156093.html

Dejá un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *