Portal da Esquerda em Movimento Portal da Esquerda em Movimento Portal da Esquerda em Movimento

Todo apoio a Vilma Ripoll e às feministas argentinas #BancoAVilma

As mulheres argentinas vêm travando uma dura e heroica batalha pela legalização do aborto, que está em discussão no Congresso. Na Argentina, assim como no Brasil, a criminalização do aborto causa inúmeras mortes de mulheres. São cerca de 500.000 abortos clandestinos por ano no país. Depois de muita luta e pressão, Macron abriu a discussão sobre a legalização do aborto no Congresso argentino, o que instaurou o debate de forma definitiva na opinião pública do país.

Vilma Ripoll, ex-parlamentar, dirigente do Movimento Socialista dos Trabalhadores (MST) e enfermeira, vem sofrendo forte perseguição política por conta de sua defesa inegociável da legalização do aborto. Em uma de suas contribuições a este debate, Vilma relatou que quando trabalhava em um hospital auxiliava muitas mulheres pobres e trabalhadoras que tinham o desejo de interromper a gestação, a procurarem métodos mais seguros, como o misoprostol, que evitam infecções e mortes por abortos invasivos.

Setores da direita argentina atacam Vilma por suas declarações e posições e um promotor a denunciou por “apologia ao crime”. Querem calar sua voz e amedrontar todo o movimento feminista argentino que tem tomado as ruas pelo direito à vida das mulheres. Acusam-na por defender o direito das mulheres não seguirem morrendo por consequência dos abortos clandestinos. Criminosos são aqueles que são coniventes com a morte de tantas mulheres!

Nós, mulheres do MES, prestamos nossa solidariedade a Vilma Ripoll, às mulheres do MST e a todo movimento feminista na Argentina que tem demonstrado a força da luta das mulheres e sua capacidade de revolucionar nossa realidade.

#BancoAVilma
#AbortoLegal

Mulheres do MES

Uma nova página para apoiar e construir novas alternativas na América Latina e no mundo, defendendo o poder dos trabalhadores e do povo contra o 1% dos ricos e poderosos, e uma sociedade sem exploração.

Secretaria de redação

  • Pedro Fuentes
  • Bernardo Corrêa
  • Charles Rosa
  • Clara Baeder