Portal da Esquerda em Movimento Portal da Esquerda em Movimento Portal da Esquerda em Movimento

Repercussão Internacional do ‘Levante dos Livros’ brasileiro

Confira abaixo a repercussão internacional dos gigantescos protestos em centenas de cidades do Brasil contra os cortes de verbas para a Educação Pública feitos pelo governo Bolsonaro:

THE NEW YORK TIMES (15/05): “Manifestantes marcham por todo o Brasil, indignados com os cortes na Educação por Jair Bolsonaro” (em inglês)

“As marchas marcam os primeiros protestos nacionais contra a administração de Bolsonaro, cuja aprovação está caindo enquanto ele enfrenta uma economia fraca, desemprego crescente, uma coalizão indisciplinada no Congresso e disputas internas dentro de seu gabinete.”

LINK: https://nyti.ms/2JmQWVb

THE WASHINGTON POST (15/05): “Multidões protestam contra cortes em verbas federais para escolas brasileiras” (em inglês)

“Avenidas e praças públicas em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Salvador e Recife foram bloqueadas enquanto estudantes e professores marcharam contra a decisão de cortar US $ 1,85 bilhão de fundos para a rede pública de ensino, de escolas elementares a universidades.”

LINK: https://wapo.st/2W9JSRw

CLARÍN (15/05): “O primeiro protesto contra Jair Bolsonaro paralisa escolas e universidades no Brasil” (em espanhol)

“Para muitos professores e estudantes, os cortes são uma represália ao posicionamento de algumas federais contra Bolsonaro durante a campanha presidencial do ano passado.”

LINK: http://bit.ly/30lV24W

EL TIEMPO (15/05): “Cortes na educação no Brasil provocam massivos protestos” (em espanhol)

“Há vários anos grupos de direita promovem uma luta contra o que denominam “marxismo cultural” e incitam os alunos a gravar vídeos de seus professores para depois denunciá-los por “doutrinação”.”

LINK: http://bit.ly/2JrYvtR

EL COMERCIO (15/05): “O protesto dos universitários que Jair Bolsonaro chamou de ‘idiotas úteis'” (em espanhol)

“As palavras de ordem miraram igualmente contra a reforma da previdência – considerada essencial pelo governo para endereçar as contas públicas – e contra o recente decreto de Bolsonaro que flexibilizou o porte de armas”.

LINK: http://bit.ly/2vXvBZJ

TELESUR (15/05): “Milhares de estudantes e docentes brasileiros mobilizados em defesa da educação” (em espanhol)

“Mais de 70% das universidades atenderam ao chamado de participar na paralisação, onde exigem que o Congresso aprove uma medida provisória que reforme a estrutura defendida pelo ministro da Educação Abraham Weintraub, que contempla o corte de 30% do orçamento.”

LINK: http://bit.ly/2VDTyVh 

FINANCIAL TIMES (15/05): “Estudantes brasileiros e professores se juntam em marchas contra Bolsonaro” (em inglês)

“Dezenas de milhares de estudantes e professores foram às ruas do Brasil na quarta-feira nos primeiros protestos em todo o país contra a administração do presidente Jair Bolsonaro e seus planos de cortes no orçamento.”

LINK: https://on.ft.com/2HsmK7w

DEUTSCHE WELLE (15/05): “Estudantes do Brasil protestam contra cortes na Educação” (em inglês)

“Alunos e professores foram às ruas em mais da metade dos estados brasileiros para protestar contra cortes profundos no financiamento da educação pública. O governo ordenou que soldados guardassem o Ministério da Educação na capital.”

LINK: http://bit.ly/2Jm644Z

LE MONDE (15/05): “Manifestações nacionais no Brasil contra os cortes orçamentárias na educação” (em francês)

“De São Paulo a Brasília, passando por Belém, Salvador, Porto Alegre, Belo Horizonte e Rio, professores e alunos saíram às ruas a convite de seus sindicatos, enquanto as aulas eram canceladas em centenas de faculdades e universidades. universidades, incluindo as privadas. Demonstrações ainda mais massivas eram esperadas no final do dia.”

LINK: http://bit.ly/2VGrhgI

PÚBLICO.PT (15/05): “Brasil sai à rua contra cortes na Educação. ‘Idiotas e imbecis’, acusa Bolsonaro” (em português)

“Convocadas pelos sindicatos, movimentos sociais e associações estudantis, as manifestações desta quarta-feira começaram bem cedo em diversas cidades do Brasil e juntaram multidões superiores a 50 mil pessoas em São Paulo, Brasília ou Salvador da Bahia. É o primeiro protesto a nível nacional desde que Bolsonaro tomou posse, no início de Janeiro.”

LINK: http://bit.ly/2WQIJvC

LA REPUBBLICA (15/05): “Brasil: greve e protestos contra austeridade universitária” (em italiano)

“As mobilizações de hoje também servem como a primeira demonstração de força contra o governo Bolsonaro como um todo. “Estamos tomando as ruas em defesa da educação pública e contra a reforma previdenciária”, um dos projetos mais importantes propostos pelo executivo, explicou Antonio Gonçalves, secretário da união nacional do ensino superior.”

LINK: http://bit.ly/2HqUfHm

EL PAÍS (15/05): “Milhares de estudantes marcham contra os cortes de Bolsonaro” (em espanhol)

Uma parte considerável das universidades públicas federais – o alunado, o professorado e o resto do pessoal – se somaram à greve contra os cortes. Os manifestantes marcharam nas principais cidades do país incluídas São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília ou Belo Horizonte.

LINK: http://bit.ly/2VGnhwK

 

Uma nova página para apoiar e construir novas alternativas na América Latina e no mundo, defendendo o poder dos trabalhadores e do povo contra o 1% dos ricos e poderosos, e uma sociedade sem exploração.

Secretaria de redação

  • Pedro Fuentes
  • Bernardo Corrêa
  • Charles Rosa
  • Clara Baeder